A tocha mata


O protesto contra as ‘Olimpíadas da Exclusão’ ocorreu sem grandes tumultos da Praça Saens Peña até a Praça Afonso Pena, ambas na Tijuca, zona norte do Rio, arredores do Maracanã, palco da abertura dos Jogos Olímpicos. A exceção se deu na detenção de um rapaz dentro de uma padaria que terminou completamente destruída.

Ao final do ato, já na Afonso Pena, alguns black blocs pegaram uma bandeira do Brasil que estava hasteada no meio da praça. Um deles fez uma tocha com a bandeira, montada em um pedaço de madeira, sendo levada em cavalgada por uma rua paralela. Nesse momento começou a investida da polícia com tiro-porrada-e-bomba e gás lacrimogêneo na praça, que ainda estava cheia de crianças.

Compartilhar artigo

Leonardo Soares Coelho

Leonardo Soares Coelho

Fotógrafo e jornalista

Loading Facebook Comments ...